terça-feira, 13 de abril de 2010

Estética para crianças

Há algum tempo a filosofia para crianças (entre vários amigos interessados no tema, preferimos chamar de filosofia com crianças) tem seu espaço garantido nas discussões sobre o ensino da matéria. Primeiro, com Lipman, depois com vários seguidores e críticos.
Na última década, tem sido grande proliferação de materiais inteligentes para o ensino filosófico da garotada. Acabo de conhecer mais um, especialmente destinado à arte e à estética. Um pequeno trecho segue no vídeo abaixo:


Publicação: LOG ON Editora e Multimídia

Um comentário:

Gentil disse...

Olá, professor!

"Filosofia com criança".

Pois é professor, eu acho meio esquisito...
Talvez não seja demais definirmos de antemão quem é criança, isto é, a idade. Um professor de filosofia dando aula para criancinha? Penso que não é possivel, especialmente, partindo das definições possiveis do que seja a filosofia. Uma pedagogia com orientações filosóficas pode soar menos estranho. A filosofia exige algumas palavras, conceitos, sentidos ou experiencias com as quais trabalhar.
Por esta e por outras, a filosofia deve ser o "agir configurado" de todos.

Abraço!